Cola de Sapateiro

Segundo pesquisa feita pelo Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas, é a quarta droga mais consumida em nosso país, depois do tabaco, álcool e maconha. Ela é do grupo dos inalantes, uma vez que é utilizada dessa forma, com absorção pulmonar.  Essa droga proporciona sensações de excitação, além de alucinações auditivas e visuais que, em contrapartida, são acompanhadas de tontura, náuseas, espirros, tosse, salivação e fotofobia. Tais efeitos são bastante rápidos, levando o indivíduo a inalar novamente. Os menores de rua consumem a cola de sapateiro para inibir o apetite. 

O uso constante da cola de sapateiro desencadeia desorientação, falta de memória, confusão mental, alucinação, perda de autocontrole, visão dupla, palidez, movimento involuntário do globo ocular, irritação das mucosas, paralisia, lesões cardíacas, pulmonares e hepáticas, dentre outros, podendo desencadear em convulsões, inconsciência, e até mesmo morte súbita.